Jubileu de Esmeralda Paróquia São Paulo Apóstolo

Artigos & Reflexões

O Imaculado Coração de Maria

O Imaculado Coração de Maria

Nas aparições em Fátima, incansavelmente Deus revela o seu grande amor por Seus filhos e deseja que ninguém se perca e vá para o inferno. Ele procura corações dóceis e disponíveis para essa grande empreitada e luta em favor de todos os homens. Deus encontra nos pastorinhos de Fátima corações dóceis e solícitos para deles se dispor e transmitir a Sua mensagem, tornam se portanto receptáculos dos apelos trazidos pelo Anjo de Portugal em 1916 e Nossa Senhora em 1917. Jacinta e Francisco conforme promessa de Nossa Senhora pouco tempo permaneceram na jornada da vida terrena e foram levados para o céu, porém nesse breve tempo se esmeraram em corresponder aos apelos da Mensagem de Fátima, tais atitudes foram suficientes e capazes de os conduzirem a santidade. Lúcia permaneceu por mais um tempo, pois Deus com ela quis contar para estabelecer no mundo a Devoção ao Imaculado Coração de Maria. Na Mensagem de Fátima, conheceu-se, primeiro, a mensagem fundamental de penitência e oração. Imaculado Coração de Maria Mais tarde, Ir. Lúcia descobriu os pontos mais íntimos, mais espirituais, todos centrados e animados pela alma da mensagem – o Coração Imaculado de Maria. O Coração Imaculado de Maria, nos é apresentado junto com o Coração de Jesus desde as aparições do Anjo de Portugal em 1916, vejamos: … “Os Corações de Jesus e Maria estão atentos à voz das vossas súplicas .”… (Primeira Aparição) “ – Que fazeis? Orai! Orai muito! Os Corações Santíssimos de Jesus e Maria têm sobre vós desígnios de misericórdia.” (Segunda Aparição) “ – E pelos méritos infinitos de seu Santíssimo Coração [de Jesus] e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores. …” .(Segunda Aparição) Notemos que desde as aparições do Anjo existe uma prévia e um destaque aos corações de Jesus e de Maria. Na segunda aparição de Nossa Senhora em Fátima, a 13 de Junho de 1917, Jesus vem pedir a Devoção ao Imaculado Coração da Mãe do Céu: … “ A Jacinta e o Francisco levo-os em breve. Mas tu ficas aqui mais algum tempo. Tu ficas mais um tempo. Jesus quer servir-Se de ti para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração… Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá a Deus.” Devoção dos Cinco Primeiros Sábados A Mensagem de Fátima não se trata apenas de uma das maiores mensagens proféticas da Igreja, com uma personalidade própria, mas, a partir do Coração de Maria, tocamos principalmente em aspectos que falam da unidade e do espírito interior. Muitos são os estudiosos que buscam maior e melhor compreensão do Imaculado Coração de Maria, e cada vez mais fazem descobertas profundas que nos possibilitam estreitar laços e adentrar no coração maternal de Maria. No que se refere à Devoção, Joaquim Maria Alonso também estudioso da Mensagem de Fátima nos apresenta o Coração Imaculado de Maria como o “centro” da Mensagem de Fátima, porém com um olhar que não se detém apenas como mais uma devoção, mas como a devoção que integra todas as outras devoções. Para isso consideremos três aspectos: 1 A Mensagem de Fátima não se reduz a um eixo e a um centro único. Aprofundando o nosso olhar, podemos vê-la como um prisma e em perspectivas diferentes, ou seja, mesmo com pontos de vista diferentes, ela refletirá a mesma Luz. 2 Essa devoção comunica todos os registros do amor inesgotável da Santíssima Trindade. 3 O Imaculado Coração de Maria propaga a Misericórdia do Amor Trinitário, a Misericórdia e o Imaculado. O saudoso, Pe. Luís Kondor, svd, em um dos seus Boletins trimestrais do ano de 2007, escrito em diversas línguas e distribuídos por vários continentes, nele contém alguns testemunhos referentes ao Imaculado Coração de Maria, um deles é do cardeal Cerejeira, que diz: “As Aparições de Fátima abrem um período novo: o do Coração Imaculado de Maria” e se refere ainda ao Padre Fonseca, um dos primeiros estudiosos de Mensagem de Fátima, “o Milagre de Fátima, quanto mais se considera no seu conjunto e na sua circunstância, nos frutos imediatos e no alcance mundial, tanto mais nos parece como revelação inesperada e admirável do Coração Imaculado de Maria, todo chamas de amor para com Deus, e todo compaixão, carinho, solicitude maternal para com a pobre humanidade”. Porquê o Imaculado Coração de Maria? Por que Deus nos quis falar através do Coração Imaculado de Maria? Que significado tem o coração na Bíblia? O que Deus fala e como Ele nos apresenta o seu coração? No seu escrito intitulado Memórias, a Ir. Lúcia nos explica o sentido do coração maternal de Maria: O termo “coração” na linguagem da Bíblia, significa o centro da existência humana, uma confluência da razão, vontade, temperamento e sensibilidade, onde a pessoa encontra a sua unidade e orientação interior. O coração imaculado é, segundo o evangelho de Mateus (5,8), um coração que, a partir de Deus, chegou a uma perfeita unidade interior e, consequentemente, vê a Deus. Portanto, devoção ao Imaculado Coração de Maria é aproximar-se desta atitude do coração, na qual o fiat — seja feita a vossa vontade — se torna o centro conformador de toda a existência. Deus tem coração, Ele é o coração. E Jesus é a manifestação visível do Seu amor. Ter devoção ao Imaculado Coração significa adentrar numa espiritualidade da ternura, numa mística do afeto. Notemos que desde as Aparições do Anjo de Portugal Deus nos fala do coração de Jesus e de Maria. Ele diz que ouve com o coração, que sente conosco, que está atento às nossas súplicas que brotam do mais íntimo de nós. Depois Ele nos revela que esses corações têm para nós desígnios de misericórdia, ou seja, um propósito em nossa vida. Deus vê as nossas limitações e misérias humanas e tem por nós sentimentos de compaixão. Ele se compadece com os nossos sofrimentos e nos é solidário. Ir Lúcia também diz que: “Todos sabemos que o coração é símbolo do amor e da dor, receptáculo da misericórdia e do perdão.” Nossa de Senhora, em Fátima, nos trouxe a mensagem do seu coração. Francisco, embora parecesse não compreender realmente os fatos, depois perguntava: “Para que estava Nossa Senhora com um coração na mão espalhando pelo mundo essa luz tão grande que é Deus?. Com esta pergunta, ele acaba nos relevando ainda mais o Imaculado Coração de Maria. Em seus relatos, Ir. Lúcia explica a vida mística de Francisco e Jacinta enfatizando os reflexos de luz que jorravam das mãos da Virgem Maria. Por muitas vezes, Francisco dizia: “Esta gente fica tão contente só por a gente Ihe dizer que Nossa Senhora mandou rezar o terço e que aprendesses a ler! O que seria, se soubesse o que Ela nos mostrou em Deus, no Seu Imaculado Coração, nessa luz tão grande!”. A luz tão intensa que penetrava no peito e no mais íntimo da alma dos Pastorinhos os fez experimentar um Amor de Deus imensurável e inesgotável, levando-os a uma íntima comunhão com Ele. Um mergulho no coração de Deus, indescritível ao entendimento meramente humano, porém possível através da experiência que se faz. É a Trindade – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – derramando o Seu amor. É importante saber que Maria, ao revelar o seu Imaculado Coração, não comunica a si mesma, mas unicamente o próprio Deus: “Foi então que a celeste Mensageira, abrindo os braços com um gesto de maternal proteção, nos envolveu no reflexo da luz do imenso Ser de Deus. Foi uma graça que nos marcou para sempre na esfera do sobrenatural”. Na mensagem de Fátima, o Coração Imaculado de Maria, em todos os sentidos, nos conduz para Deus, que é a luz que ilumina e dissipa as trevas do nosso interior e do mundo. Reparação A Mensagem de Fátima nos pede uma reparação especial pelas ofensas cometidas contra o Imaculado Coração de Maria, ou seja, contra o seu amor maternal e sua corredenção. Mas o que significa reparar? Significa se emendar de algo que fez de errado. Mas para que reparar? Primeiramente, é preciso lembrar que o pecado é uma ofensa a Deus Nosso Senhor, uma ofensa contra Cristo Redentor e contra Nossa Senhora Corredentora. Reparar é nos oferecermos inteiramente a Deus e ao Coração de Jesus Imaculado de Maria. É através do oferecimento que se dá a verdadeira reparação. A devoção é um caminho que nos leva a tocar no centro da prática da vida espiritual, com o intuito de permanecermos sempre na essência, de ficarmos com a melhor parte que Deus nos oferece nessa espiritualidade. Os pastorinhos de Fátima foram as verdadeiras testemunhas que viveram o centro dessa mensagem de Fátima. Fonte Canção Nova

Compartilhar: